sexta-feira, 16 de abril de 2010

MENINA APAIXONADA



       MENINA APAIXONADA


A folha branca,contente me sorria
na esperança que fosse escrita:
o cair das lágrimas escondidas,
o amor esculpido na mais linda poesia.

Debruçei-me e silenciosamente as palavras foram desenhando
partículas deste querer que se esvai, que por existir já sofre tanto
em doses lentas de quimeras, no abstrato de tantas promessas
Já me perdi de mim, quando enfim te conheci.

Surgindo como espasmos suplicantes
que só vertem os sentimentos que embriagam o coração
que de tão belo o vejo esvoaçante
o tecido solto que se faz a paixão

Lhe entrego meu mundo incerto
as muralhas caídas deste meu concreto
Revelo-te a menina apaixonada
que apenas se entrega e não espera mais nada.


Um comentário:

  1. seu texto ta miuto lindo...parabens q poetica!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir