terça-feira, 14 de junho de 2011

CORAÇÃO PERDIDO

Teus olhos a minha vida, 
Que eras tu meu ser, eu lhe era querida, 
Como no céu gira a estrela de amor sentida

Coração inconstante, 
amigo do seu silêncio 
e mostra-o às águas,
que curso ao nosso descer o rio? 

A distância - lugar deserto às paixões
eu estrangeira, eu esquecida. 
Entramos no mais fundo da pedra - a solidão

Meu coração eu perdi-o, 
E por mais que eu faça, agora, 
Já não o sinto bater. 
Então, deixa-me soluçar...

...ao meu seio, negra prisão!... 

2 comentários:

  1. Ler vc sempre deixa uma grande satisfação na gente.

    ZZ

    ResponderExcluir
  2. VIII CONCURSO PLÍNIO MOTA DE POESIAS 2011 (MACHADO-MG). FALEM COMIGO!

    A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
    abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
    ano 2011.
    Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
    a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
    ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

    OBS: O VALOR DA INSCRIÇÃO ( 2 REAIS) PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE COM AS 6 CÓPIAS DA SUA POESIA.

    ResponderExcluir